artes gráficas
     

DESIGN GRÁFICO

A cor ROSA: 50 curiosidades interessantíssimas que você não sabia sobre a cor

branco1

Doce e delicado, chocante e kitsch. Do masculino ao feminino, a cor-de-rosa é o tom do charme e da gentileza. Infantil, é suave, sentimental e perfeita para os pequenos que gostam de confeitos.

Chamado também de magenta, pink, fúcsia, rosa choque, não é somente um meio termo entre o vermelho e o branco, tem caráter próprio. Aliás, há cientistas que afirmam que o rosa não é propriamente uma cor. Mas, existem conceitos que só podem ser descritos através dela e todos eles são positivos.

Sim, ela é a única na qual ninguém diz nada de negativo, já que traz vida e juventude. Há muita coisa para aprender sobre esse tom! Hoje então, trazemos 50 curiosidades interessantíssimas sobre o rosa. Inspire-se:

rosa2

1- São 50 tons de rosa catalogados pelo homem, entre eles, nomeados e conhecidos como quartzo rosa, magenta, rosa antigo, rosa bebê, rosa choque, pink, fúcsia e outros;

2- Apenas 3% das mulheres do mundo citam o rosa como a sua cor predileta. Segundo as pesquisas, a maioria dos homens chega a dizer que não conseguem distinguir a cor entre o lilás;

3- O rosa é a segunda cor menos apreciada no mundo, ficando atrás apenas do marrom (20%), com 17% dos votos;

4- Perto do branco, ela sugere perfeita inocência. Mas, acompanhado de violeta e preto, pode ter um efeito adulto, erótico e de sedução, oscilando entre a imoralidade e a paixão;

5- Rosa para meninas, azul para meninos – essa convenção é tão conhecida que parece que sempre foi assim. Só que essa moda começou apenas em 1920. Originalmente, o rosa era uma cor masculina, razão pela qual o menino Jesus frequentemente aparece vestido com a cor. Isso significa que até 1900, o azul claro era, como a cor do manto da Virgem Maria, a cor para as meninas;

rosa3

6- Foi justamente nessa época (1920) que aconteceu uma revolução da moda. As crianças, que antes vestiam trajes miniatura dos adultos, passaram a vestir roupas mais confortáveis e vestidos de marinheiro, tingidos com índigo artificial, a tinta recém descoberta, a melhor na época. Desse traje de marinheiros, como uma lógica forçada, se derivou o fato de que o azul claro se convertesse na cor dos meninos. Como tom contrário, o rosa passou a ser a cor das meninas;

7- No Museu de Infância de Londres é possível ver, como exemplo, as primeiras vestimentas cor-de-rosa para meninas, uma caixa com 6 pares de sapatos e meias. Ela foi presenteada, em 1923, à princesa real Mary, antes do nascimento de seu primeiro filho. A princesa teve apenas meninos e doou ao museu a versão rosa do presente, como exemplo, seguindo as novas cores estipuladas para as crianças;

8- Ao mesmo tempo que o rosa se tornou feminino, se transformou também na cor da discriminação. Na 2ª Guerra, os homossexuais que não preenchiam o ideal de masculinidade dos soldados eram levado a uma campo de concentração, onde eram obrigados a usar, como sinal de reconhecimento, um triângulo rosa costurado à roupa;

9- Somente em 1970 que o rosa feminino se impôs internacionalmente. A tradição católica era muito forte ainda. Foi nessa época que os tecidos de nylon também surgiam, então a moda das cores para bebês alcançou seu ponto alto. Todo carrinho era enfeitado com laços rosa ou azul claro. Os bebês passaram então a usar toquinhas, meinhas desses tons, contrários ao que era antes;

10- Em 1980, os adultos tiveram as cores igualadas. Parecia ser cada vez mais fora de época continuar a fazer a divisão entre cores e trajes tipicamente masculinos e tipicamente femininos;

rosa4

11- Apesar dessa liberdade com as cores, muitos continuam (em pleno século 21) com a tradição enraizada. Os americanos explicam isso da seguinte maneira: quando a cegonha traz os bebês, as menininhas vem em botões de rosa, já os meninos, em brotos de repolhos azuis. (Quem entende?)

12- Existe uma cor chamada Baker-Miller Pink ou Drunk Tank Pink (RGB: R: 255, G: 145, B: 175) que é muito usada nos Estados Unidos para acalmar detentos na cadeia. No final de 1960, depois de estudos, ficou comprovado que a escolha do tom, que coloriu as celas, refletia alterações correspondentes no sistema endócrino, o que produz hormônios, deixando os presos relaxados, já que o rosa reduziria a taxa cardíaca, o pulso e respiração;

13- Sim, também é provado que pessoas com distúrbios mentais, normalmente agressivas, sentem-se mais tranquilas e dóceis na presença da cor rosa;

14- Pesquisas indicam que mulheres mais velhas apreciam o rosa por enxergarem nela, a cor da juventude;

15- Em português, o nome da cor provém da semelhança com a espécie rosa de flores da família RosaceaeRosa é o nome latino para “Rose”. Palavra tipicamente feminina, os nomes Rosaly, Rosana, Rosinha, simbolizam a força dos fracos, o charme, a amabilidade e sensibilidade;

rosa5

16- A cor psicológica oposta ao rosa é o preto. Entre os jovens de ambos os sexos, o rosa é desprezado por ser considerado “infantil”. (Segundo estudos, o preto é a cor predileta na adolescência);

17- O jornal financeiro mais famoso do mundo, Finantial Times, é desde 1888 impresso em papel cor de rosa. Isso porque antigamente, a cor era masculina, e o jornal, era exclusivamente lido por homens;

18- Madame de Pompadour (1721 – 1764), símbolo do estilo Rococó, era amante da arte e com um gosto altamente sofisticado. Ela trouxe à moda a combinação do rosa com azul-claro, uma mistura difícil de ser preparada. Por causa dela, uma fábrica de porcelanas criou o “Rosa Pompadour“, um tom com nítidos traços de azul, um pouco de preto e de amarelo;

19- Quem fantasia muito é considerada uma pessoa que flutua em nuvens cor-de-rosa e enxergam tudo através de lentes rosadas. Isso porque no mundo cor-de-rosa tudo é bonito demais para ser verdadeiro. A cor assume uma posição otimista;

20- Não é a toa que quando a vida parece um sonho, os franceses dizem C’est la vie en rose;

rosa6

21- Por isso mesmo que na medicina antiga, o estado de ânimo durante as depressões eram apelidados de “Rose Pills”, ou seja, pílulas cor de rosa;

22- Onde os sonhos estão, o rosa também se faz presente. O tom é irrealista, em todas as formas e matizes. O rosa se tornou a cor oficial do kitsch e da romantização;

23- Nas pinturas da Idade Média, os que retratam o lar ou o modo de vida dos santos, representavam no meio de cidades, casinhas cor de rosa. Os estudiosos contemporâneos explicam que as casas coloridas de rosa eram onde os milagres aconteciam;

24- Pink é o nome que se dá, em inglês, ao cravo (nos Estados Unidos, o cravo se chamacarnation, ao pé da letra, cor de carne). Na Inglaterra, pink é qualquer tom de rosa. Na Alemanha, quando se diz pink se pensa em um rosa forte, gritante, com uma tonalidade de violeta. Pelos entendidos em cores, é o famoso Magenta;

25- O movimento conhecido como Outubro Rosa nasceu nos Estados Unidos, na década de 1990, para estimular a participação da população feminina no controle do câncer de mama. A data é celebrada anualmente com o objetivo de compartilhar informações sobre a doença e promover a conscientização sobre a importância de sua detecção precoce;

rosa7

26- Doce e suave, esse é o sabor que se espera do rosa. Cor dos confeitos, combina perfeitamente com as sobremesas;

27- As crianças acham os bolos com cobertura cor-de-rosa mais atraentes do que cobertos com glacê branco. Em relação aos adultos, acontece ao contrário. O rosa dá a impressão de ser muito doce e excessivamente artificial, nada natural;

28- O rosa possui essa doçura no sentido figurado também. Um livro com capa da mesma cor, produz, automaticamente, a impressão de ser um romance água com açúcar;

29- Na publicidade, o rosa é muito utilizado em marcas femininas e infantis como Barbie, Victoria’s Secret, Hello Kitty, Roxy, Dunkin Donuts. Nestes casos, o tom quer representar a alegria, paixão, sensibilidade e amor, mas também acaba denotando passividade;

30- Para muitos, o Magenta pode parecer uma mistura de rosa e violeta, mas ele é na verdade, o vermelho mais puro: não pode ser obtido pela mistura de qualquer tom, porque ele não contém nenhuma outra cor. Por isso que no design, ele é utilizado com cor básica;

rosa8

31- O Magenta foi batizado com esse nome pelos químicos franceses em 1858, quando conseguiram produzi-la como cor de anilina. Magenta é uma cidade no norte da Itália, onde, pouco tempo antes, os austríacos haviam sido derrotados pelos franceses, na chamada batalha (sangrenta) de Magenta;

32- A estilista italiana Elsa Schiaparelli, foi quem introduziu na moda a ideia dos pintores surrealistas usarem a cor, logo após ela desenvolver tecidos com estampas da cor, em 1931. Surgia então o schocking pink (rosa choque), uma mistura do magenta com um pouco de branco;

33- Elsa criou também um perfume que recebeu o mesmo nome e era vendido em uma caixinha da mesma cor, com um frasco em forma de um busto de uma mulher. N época, o público ficou chocado: nunca havia passado pela cabeça de ninguém que o tom pudesse ser tão “agressivo”;

34- Na maioria dos lugares do mundo, o pink – rosa choque – é considerada a mais vulgar das cores. É a cor dos objetos que não são sérios, dos acessórios berrantes e baratos;

35- Até 1980, os artigos de plástico eram vendidos principalmente na cor laranja. Quando ninguém mais aguentava a cor, veio o pink para substituí-lo. Desse modo, o pink foi eleito – injustamente – como o protótipo de coisas baratas;

rosa9

36- Um coraçãozinho rosa, uma flor rosa, uma garotinha vestida de cor de rosa: os resultados dessas combinações resultam em velhos clichês. A cor se apresenta supérflua na criação artística quando está ali só para repercutir o tema. Mas quando o rosa é empregado contra a expectativa convencional, podem ser criadas proposições bem interessantes. Tente combinar o rosa com coisas grandes. Elefantes e dinossauros cor-de-rosa se tornam seres intrigantes, não?

37- A Pantera Cor-de-Rosa ficou conhecida mundialmente justamente por ter essa característica. Mas inicialmente foi criada para um filme, onde um personagem queria a todo custo roubar um diamante exótico e raro (chamado diamante pantera cor-de-rosa), que ao ser visto de um certo ângulo, tinha a imagem de uma pantera. Ao contrário da crença popular, o nome Pink Panther era referente ao diamante e não ao gato da introdução. Foi somente em 1969 que o personagem animado virou série de televisão;

38- Rita Lee fez bastante sucesso com sua música “Cor de Rosa Choque“, onde dizia: “Sexo frágil/ Não foge à luta/ E nem só de cama/ Vive a mulher/ Por isso não provoque/ É Cor de Rosa Choque” – remetendo a cor à mulher;

39- Na Amazônia brasileira é famosa a lenda do boto-cor-de-rosa, ser fantástico que habita os rios e que nas primeiras horas da noite se transforma em um homem bonito que seduz as jovens;

rosa10

40- Em muitos países, o rosa está ligado ao casamento. Na Coréia significa confiança e no Japão é uma cor popular tanto para homens quanto para mulheres;

41- Segundo a NASA existe um planeta rosa que orbita uma estrela bem parecida com o Sol, a 57 anos luz da Terra. A origem desse planeta, de cor que varia de um cereja escuro a um magenta, porém, é um mistério. Os pesquisadores conseguiram capturar uma imagem dele usando o telescópio Subaru, no Havaí. Sua cor rosada indica que ele tem menos nuvens encobrindo do que outros exoplanetas observados, o que significa que os estudiosos conseguem investigar mais a fundo a sua atmosfera e especular sobre quais são os componentes dela;

42- Antigamente, o rosa para os artistas remetia a cor da pele humana. Chamada de “encarnado”, o conceito vinha de “encarnação”, ou seja, “tornar-se carne”, já que a matiz remeteria a isso. Difícil era chegar ao tom perfeito da pele rosada. Era necessário misturar não só vermelho e rosa, mas amarelo e azul. Os mais antigos pintavam sobre um fundo verde, aplicando camada sobre camada, na tela;

43- Os lagos rosas têm se popularizado entre turistas e fotógrafos do mundo. Sua cor impressionante ocorre graças a presença de microalgas como a Dunaliella salina que vive em locais com altos níveis de concentração de sal. Microalgas, ou bactérias, elas produzem um pigmento nesse tom que absorve e utiliza a luz solar para criar mais energia, deixando a água nesse tom;

44- Fúcsia é a denominação para um cor-de-rosa intenso e purpúreo, que existe nas flores da planta do mesmo nome. Foi dado em homenagem a Leonard Fuchs, botânico sueco do século XVI;

rosa11

45- Alguns cientistas afirmam que a cor de rosa teoricamente não existe, já que nenhum comprimento de onda da luz possui o tom, que requer uma mistura entre o vermelho e o roxo, extremos opostos no espectro visível. Na verdade, para eles, o rosa deveria ser chamado de “menos verde”, porque a cor rosada é o efeito da luz branca uma vez que você omite o verde;

46- Segundo a Pantone, Quartzo Rosa é uma das cores tendência do ano de 2016. O tom é persuasivo mas suave, transmite compaixão e um senso de compostura;

47- Fisiologicamente, o rosa acalma e tranquiliza as nossas energias emocionais, aliviando sentimentos de raiva, agressividade, ressentimento, abandono e negligência;

48- Segundo o Feng Shui, o rosa também é a cor da beleza, do romantismo, do amor terno e carinhoso. O rosa claro está associado ao feminino e a compaixão. O rosa escuro, intenso, também chamado rosa choque ou ainda simplesmente pink é uma cor íntima, de doçura melosa e romântica. Portanto, ficaria perfeito em quartos de casais;

49- Segundo místicos, o magenta é excelente para purificação e cura dos níveis físico, emocional e mental. Ajuda a encontrar novos caminhos para a espiritualidade e a elevar nossa intuição espiritual;

50- Existe no mundo 5 espécies de flamingos, que se distinguem pelo tamanho e pela coloração. O flamingo-chileno é de menor porte e com tom mais claro, enquanto o flamingo-rosa, considerado o maior das 5 espécies, é de cor mais intensa. Os flamingos são animais filtradores que vivem próximos a água de onde provém sua dieta, composta principalmente de vegetação e invertebrados aquáticos. Em grande parte desses invertebrados está presente uma substância chamada cataxantina que confere ao animal a coloração rosada. Na falta dessa substância as penas tornam-se esbranquiçadas. Legal, não?

rosa12

 

FONTE: http://followthecolours.com.br/ por Carol T. Moré (editora do Follow the Colours)

Imagens: Shutterstock.

 

 
Artigos Técnicos

 

 

 

 

 

     
     

Novidades

Mídias Sociais

Newslatter

Participe de nossas redes sociais e receba notícias e as melhores vagas de emprego que surgem no setor de criação e produção gráfica.
Quer saber as principais notícias do mercado gráfico? Manter-se informado sobre eventos da área? Cadastre-se e receba nosso mailing.
facebook
twitter

A arte das Artes Gráficas 2013© - All rights reserved